"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

MDL - Mecanismo de Desenvolvimento Limpo: CGEE publica manual

Uma referência indispensável para quem quer entender e fazer negócios no segmento de MDL. O Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) publicou a segunda edição do “Manual de capacitação Mudança climática e projetos de mecanismo de desenvolvimento limpo”. 
A publicação, atualizada e aprofundada, reúne informações sobre o arcabouço jurídico internacional e nacional, o mercado de carbono (voluntário e mandatório) e os procedimentos administrativos e técnicos referentes aos projetos de MDL. 
Para quem não sabe o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) é um dos mecanismos de flexibilização criados pelo Protocolo de Quioto para auxiliar o processo de redução de emissões de gases do efeito estufa (GEE) ou de captura de carbono (ou sequestro de carbono). 
O propósito do MDL é prestar assistência às Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (CQNUMC, ou com a sigla em inglês UNFCCC) para que viabilizem o desenvolvimento sustentável através da implementação da respectiva atividade de projeto e contribuam para o objetivo final da Convenção e, por outro lado, prestar assistência às Partes para que cumpram seus compromissos quantificados de limitação e redução de emissões de gases do efeito estufa.
O livro traz ainda aspectos básicos da viabilidade e atratividade de projetos de carbono em diversos setores da sociedade, incluindo indústrias, empresas e governos que precisam implementar projetos para a redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE). A obra está estruturada em quatro módulos: Mudança do clima e acordos internacionais; Trâmite, institucionalidade e introdução ao ciclo de projetos; Oportunidades de negócios e avaliação de atratividade (o mercado de carbono e o mercado de carbono voluntário); e Projetos de MDL por setor/atividade produtivos (energia; resíduos e efluentes; e florestamento e reflorestamento). 
Segundo o CGEE, o conteúdo do manual se baseia nos cursos de capacitação em mudanças climáticas e nos projetos de MDL realizados desde 2005. O objetivo é conscientizar e habilitar dirigentes e técnicos de empresas, e responsáveis municipais sobre o tema. A publicação foi elaborado no âmbito do Contrato de Gestão firmado entre o CGEE e a União, sob a supervisão do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT ), e em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Para baixar o manual gratuitamente Clique aqui

Fonte: CGEE/Ambiente Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário