"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

Livros

Sinopse: Diversos são os motivos que tornam a logística reversa um assunto tão relevante nos dias atuais, dentre eles: a redução do ciclo de vida mercadológico dos produtos, o surgimento de novas tecnologias e de novos materiais em suas constituições, sua obsolescência precoce, a ânsia descontrolada dos consumidores por novos lançamentos e os altos custos de reparos dos bens diante de seu preço de mercado.
Embora represente um pequeno percentual do montante movimentado na logística direta, a logística reversa tem sua devida importância, pois além de gerar retorno econômico, contribui para a sustentabilidade do planeta. Além disso, a necessidade do gerenciamento destes resíduos, através da logística reversa é, ainda, mais importante quando consideramos a recente Lei 12.305/10 que trata da Política Nacional dos Resíduos Sólidos, a qual dentre vários aspectos estabelece a responsabilidade compartilhada entre os atores envolvidos na geração de resíduos sólidos, além da implementação de processos de logística reversa.
Este livro aborda a logística reversa, suas principais vantagens e dificuldades, o impacto da Política Nacional de Resíduos Sólidos para os atores envolvidos na geração dos resíduos, seu planejamento e mensuração e também fornece detalhes de processos de logística reversa dos resíduos eletroeletrônicos, dentre eles: eletrodomésticos, eletrônicos, pilhas e baterias e lâmpadas. Além disso, no último capítulo são apresentados dois estudos de caso, envolvendo resíduos da indústria automobilística e da indústria madeireira, que visam ilustrar os conceitos apresentados.
Este livro é recomendado para estudantes de graduação e pós-graduação, além de profissionais, empresários e demais interessados que desejem se familiarizar com o tema.


Sinopse: A gestão de resíduos é conceitualmente uma atividade que envolve diferentes agentes e requer planejamento para a efetividade de suas ações. A logística reversa, por sua vez, possui um incremento substancial de complexidade por agregar aspectos de gestão sustentável de processos, ainda mais em um país com dimensões continentais como o Brasil. Desta forma, um livro que se proponha a abordar os mecanismos de construção de sistemas de logística reversa surge como uma importante ferramenta para preencher a lacuna que existe entre as regulamentações e as práticas vigentes. (Zilda Maria Faria Veloso - MMA).

Logística reversa está se tornando cada vez mais importante nas economias ocidentais, na medida em que os governos tornam-se mais atentos a pressões sociais para que se promova uma economia mais sustentável. O Brasil é um país onde muito trabalho ainda precisa ser feito nesta área e creio que este livro cobre a maioria dos temas que devem ser levados em conta quando analisado este tópico, naturalmente com enfoque especial na realidade brasileira. (Belarmino Adenso-Diaz - Professor Catedrático da Universidade de Oviedo, Espanha)
Como Xavier e Corrêa propõem, um projeto apropriado de sistemas de logística reversa – quando há fl uxos de produtos pós-consumo de volta aos fabricantes e fornecedores – pode ser usado não apenas para atender a legislações sobre recolhimento de produtos e outras referentes a sustentabilidade, mas também como fonte de vantagem competitiva. Por exemplo, produtos remanufaturados representam uma adição signifi cativa às linhas de produtos de algumas empresas, permitindo a elas atender a segmentos de consumo de outra forma inatingíveis. Todos benefi ciam-se: empresas, consumidores e o meio ambiente. Xavier e Corrêa discutem neste livro o projeto de sistemas de logística reversa no contexto legal e industrial do Brasil. (Gilvan Souza - Professor Associado, Indiana University, Estados Unidos).
Este livro preenche um espaço no segmento editorial a respeito da logística reversa pós-consumo (LRPC). Além disso, a mescla de conteúdo teórico com a apresentação de exemplos práticos contribuirá para a capacitação, o estímulo à multiplicação e consolidação das cadeias reversas no âmbito da administração pública e privada, bem como ao surgimento de negócios baseados em LRPC. (Ricardo Fógos - Chefe do Departamento Comercial de Encomendas – Correios)

PARA COMPRAR O LIVRO CLIQUE AQUI

Sinopse: A Política Nacional de Resíduos Sólidos - Lei 12.305, de agosto de 2010 - institui a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos abrangendo os fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes, os consumidores e os responsáveis pelos serviços públicos de limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos. Entre as obrigações dessa responsabilidade compartilhada está a estruturação e a implantação de sistemas de recolhimento, reuso, reciclagem e descarte dos produtos eletroeletrônicos após o uso pelo consumidor. E o prazo estipulado para adequação à Lei é agosto de 2014. Este livro tem por objetivo discutir os aspectos técnicos, sociais, ambientais, de saúde, ocupacionais e econômicos da gestão dos resíduos de equipamentos eletroeletrônicos (REEE) no país, aliando os conceitos técnicos às orientações práticas de como gerir a logística reversa destes resíduos. Consolidação, até o momento, inexistente dos principais assuntos que interessam ao mercado, à indústria, às associações representativas da sociedade, à academia e ao governo.
A inovação e a sustentabilidade caracterizam os principais critérios a serem considerados na gestão dos REEE. As tecnologias hoje disponíveis nem sempre são suficientes para a efetiva gestão dos resíduos tecnológicos ou se adequam aos critérios de sustentabilidade. O descarte inadequado dos resíduos tecnológicos é uma questão que exige o desenvolvimento de soluções otimizadas e de baixo custo. Desta forma, a introdução de agentes inovadores na cadeia da destinação e disposição de REEE devem ser priorizados. A gestão de Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos (REEE) é uma categoria específica que tem fomentado discussões no âmbito político e técnico por duas razões principais: o impacto negativo da contaminação ambiental por metais e o consumo energético ao longo de sua vida útil. A esse respeito, os países desenvolvidos consolidaram regulamentações sobre a sustentabilidade ambiental e os regulamentos de eficiência energética ao longo das últimas duas décadas. As Diretivas européias, bem como as respectivas leis de cada país membro, são reconhecidas como o mais rigoroso arcabouço relacionado à gestão ambiental de resíduos eletroeletrônicos até o momento. Os documentos que regulamentam a gestão de equipamentos eletroeletrônicos pós-consumo ainda não consideram o significativo passivo ambiental que já encontra-se estabelecido na maioria dos países.

Para baixar o sumário e apresentação do livro CLIQUE AQUI 

PARA COMPRAR O LIVRO CLIQUE AQUI

Sinopse: Ah, a logística empresarial brasileira! Quanta evolução nos últimos anos. De praticamente inexistente, passou a desempenhar operações altamente sofisticadas e complexas. Ainda temos muito a avançar, mas não podemos deixar de considerar o quanto evoluímos e o quanto o pensamento logístico está hoje presente em nossas instituições de ensino. Seja por meio de cursos de graduação ou pós-graduação, seja pela produção intelectual, que tem crescido ano a ano, bastando ver a apresentação de artigos em eventos ou nas revistas acadêmicas por todo o país. Assim ao receber em primeira mão uma versão deste livro, fiquei maravilhado por encontrar uma obra escrita por autores nacionais que aborda os três principais sub-sistemas logísticos: suprimentos, produção e distribuição, além de logística reversa (fundamental quando se fala em empreendimentos sustentáveis). Além disso, o livro foi escrito por dez autores, o que permite uma visão abrangente e multidisciplinar (pelas diferentes formações dos seus autores). Inicia com uma visão da evolução histórica (essencial para quem quer compreender como essa disciplina evoluiu ao longo do tempo) e continua com um importante esclarecimento do conceito de gerenciamento integrado das cadeias de suprimentos, o SCM, tão mal compreendido pelas pessoas que atuam tanto na academia quanto no dia a dia das operações logísticas. Outro ponto que me chamou a atenção foi o capítulo sobre custos logísticos, uma vez que essa é uma área carente de suporte teórico-prático na maioria das organizações que prestam serviços logísticos. Ao encerrar tratando das operações de logística reversa, os autores demonstram a importância dessa atividade logística para os dias atuais, em que as organizações são cada vez mais exigidas em termos de responsabilidade sócio-ambiental, e a sociedade cobra dos agentes empresariais compromissos sérios com a questão da sustentabilidade. O livro está recheado de exemplos práticos (casos), apresentados pelos autores de forma límpida e extremamente didática, facilitando a compreensão do conteúdo teórico pelos leitores. Assim, somente me cabe parabenizar a iniciativa e saudar a vinda ao público leitor de uma importante obra que agrega importantes conhecimentos à comunidade logística brasileira. Parabéns aos autores, aos quais manifesto meus mais sinceros votos de sucesso, aliados ao desejo de que continuem produzindo nessa área. (Edelvino Razzolini Filho - Professor e Pesquisador da Universidade Federal do Paraná).

PARA COMPRAR O LIVRO CLIQUE AQUI


Sinopse: Atualmente, face às recentes descobertas do pré-sal, vislumbra-se que o segmento de exploração de óleo e gás se fará muito presente no país. Essas atividades geram grande quantidade de resíduos sólidos, efluentes líquidos e emissões atmosféricas, que devem ser gerenciados de forma sustentável. Este livro promove uma reflexão sobre o tema, com análise do cenário brasileiro, que demonstra que ainda é preciso avançar muito em proteção e preservação do meio ambiente, que são fatores essenciais para o desenvolvimento sustentável e preservação das responsabilidades legal e financeira das empresas.
O livro apresenta estudos práticos de casos vivenciados pela indústria e descreve os benefícios da aplicação do conceito de ciclo de vida ao gerenciamento de resíduos, uma vez que facilita a análise de vários aspectos diante do contexto de um complexo arcabouço legal. O conceito de ciclo de vida pode ser aplicado desde a infraestrutura necessária para o gerenciamento até questões legais e de logística, nas fases de geração, armazenagem, transporte, tratamento e disposição final. 
Este livro pioneiro reúne material didático proveniente de diversos campos de conhecimento para auxiliar a capacidade de projetar, avaliar e gerir sistemas ambientais em projetos de engenharia, desenvolver e gerenciar tecnologias de produção que sejam economicamente viáveis, socialmente justas e ecologicamente sustentáveis. Esta obra permitirá que profissionais e estudantes tenham melhor entendimento sobre o problema, facilitando a busca por soluções para este desafio contemporâneo.


Sinopse: Neste livro Edelvino Razzoni Filho e Rodrigo Berté destacam a importância da logística reversa para as organizações. Ao demonstrar que o destino correto dos resíduos é fator competitivo para as empresas, é uma obra que ajudará gestores, estudantes e profissionais interessados pelo tema a encontrar saídas para aperfeiçoar essa prática e minimizar impactos ao meio ambiente.
Na contramão de muitos livros e manuais de gestão corporativa, que focam no lucro e na otimização da cadeia de produção, o livro aborda a questão da responsabilidade ambiental das empresas.
A intenção dos autores é tratar da questão do consumo consciente no setor corporativo e, ainda, apresentar os conceitos da logística reversa – como reciclagem e recolhimento e reutilização de produtos – aos leitores, mostrando que, apesar de pouco estimulada no país, a prática pode gerar economia e, também, competitividade entre as empresas. 
Publicado pela Editora Ibpex, o livro é resultado de um trabalho de pesquisa de cinco anos dos autores, que garantem que o conteúdo da obra vai de encontro com as medidas instituídas na Política Nacional de Resíduos Sólidos e, também, com as propostas da COP15.

PARA COMPRAR O LIVRO CLIQUE AQUI



Sinopse: Um campo que cresce a cada dia, motivado pela onda de conscientização ambiental e pelas oportunidades empresariais por ela suscitadas, merece uma obra como Logística reversa. Escrito por Paulo Roberto Leite, maior especialista no tema no país, este livro traz o que um estudante ou profissional precisa saber sobre logística reversa de maneira clara, lançando mão de inúmeros exemplos e estudos de caso voltados para nossa realidade. Com novos capítulos e apêndices, além de dados e informações atualizadas, esta segunda edição confirma Logística reversa como a principal referência no assunto.
Parte 1 - Uma visão geral; Capítulos: 1. Entendendo os canais de distribuição reversos; 2. O crescente interesse da logística reversa; 3. Logística reversa e a competitividade; Parte 2 - Logística reversa dos bens de pós-consumo - Introdução; Capítulos: 4. O produto logístico de pós-consumo; 5. Tipologia dos canais de distribuição reversos (CDR) de bens de pós-consumo; Parte 3 - Objetivos estratégicos da logística reversa de pós-consumo e os fatores de influência na organização da cadeias produtivas reversas: Introdução; Capítulos: 6. Perfil empresarial e os fatores de influência na implementação da logística reversa de pós-consumo; 7. O objetivo econômico na logística reversa de pós-consumo; 8. O objetivo ecológico e de sustentabilidade ambiental na logística reversa de pós-consumo; 9. O objetivo legal na logística reversa de pós-consumo; 10. O impacto do fator tecnológico na organização do supply chain reverso de pós-consumo; 11. O impacto do fator logístico na organização do suppy chain reverso de pós-consumo; Parte 4 - Logística reversa dos bens de pós-venda - Introdução; Capítulos: 12. Tipologia dos canais reversos de pós-venda; 13. Objetivos estratégicos e a organização e da logística reversa de pós-venda; 14. O futuro - inibidores das cadeias reversas; Apêndice I - Modelos de análise de cadeias reversas; Apêndice II - Panorama da logística reversa de pós-venda no Brasil - survey 2006/2007.

PARA COMPRAR O LIVRO CLIQUE AQUI

O livro de Roggers e Tibben-Lembke – Going backwards – Reverse Logistics trends and practices, 1998. É um dos primeiros livros publicados sobre o tema e é base para qualquer trabalho sobre Logística Reversa.
Sinopse: The purpose of this book is twofold: to present an overview and introduction to reverse logistics, and to provide insights on how to manage reverse logistics well.Reverse logistics is a new and emerging area, and as such, only a limited amount of information has been published to date. When possible, we have tried to present additional sources of information for the interested reader. However, in some chapters, such as Chapter 3 on Secondary Markets, no written information exists. When documentation was unavailable, information was gained through interviews, many of which were conducted on the condition of anonymity.

PARA FAZER O DOWNLOAD GRATUITO DO LIVRO CLIQUE AQUI


Sinopse: Reunir estudiosos e especialistas de diferentes áreas de atuação que, em sua maioria, participaram e contribuíram de forma direta na concepção da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Esta foi a abordagem escolhida pelo deputado FederalArnaldo Jardim, a desembargadora Consuelo Yoshida e o especialista em Direito Ambiental e Gestão Ambiental José Valverde Machado Filho para a elaboração do livro “Política Nacional, Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos”.
Com 732 páginas, a obra – que faz parte da Coleção Ambiental, da Editora Manole – é dividida em quatro partes: Aspectos Jurídicos, Gestão Integrada, Integração com outras Políticas Públicas e Iniciativas Setoriais e Institucionais, com exemplos práticos. Os organizadores procuraram, assim, tratar pontualmente os principais temas que compõem a PNRS sem desconsiderar a conectividade tão valorizada pela nova lei.
“O livro busca retratar o processo de formulação da lei que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos, bem como trazer a lume seus principais conceitos e os contornos estabelecidos por seu decreto regulamentador. Considerando, sobretudo, um contexto no qual são lançadas as bases para um novo parâmetro de construção legislativa que contemplam a gestão ambiental, a participação e a organização social, o crescimento econômico e a articulação de políticas públicas calcadas no princípio do desenvolvimento sustentável”, conta Arnaldo Jardim. “Ousadamente, talvez até pretensiosamente, a obra visa ser um referencial de formulação de políticas públicas que tenham a marca da perenidade, demonstrando que é possível superar os vícios e ajustar as ousadias que as tornariam apenas uma utopia. Por isso, sua leitura pode ser útil não apenas aos especialistas da área do direito, mas também a profissionais como engenheiros, arquitetos, administradores, economistas, sociólogos e biólogos, entre outros, além de todo o público interessado nesta questão ampla, atual e importante.”
Segundo José Valverde e Consuelo Yoshida, o livro visa também atender à carência de fontes bibliográficas brasileiras de cunho acadêmico sobre o tema. Para expandir seu alcance e mostrar a complexidade e a densidade de um marco regulatório como a PNRS, os organizadores optaram por demonstrar, no próprio formato do livro, a articulação necessária entre o poder público e a coletividade – ou seja, o setor empresarial e a sociedade civil – para o êxito do processo. Dessa forma, os leitores podem travar contato com diferentes correntes de pensamento, bem como com algumas das mais modernas e bem-sucedidas práticas na gestão e gerenciamento dos resíduos sólidos no Brasil.

PARA COMPRAR O LIVRO CLIQUE AQUI


Sinopse: O tema normalmente está associado às funções de pós-venda e pós-consumo. Logo, esta área do conhecimento está associada a temas já conhecidos pelo público-alvo desta obra.
No entanto, o objetivo deste livro é apresentar a logística reversa, alinhando o seu conteúdo à sustentabilidade e ao controle de resíduos nas organizações, principalmente relacionado aos resíduos de saúde.
Além disso, propõe pensar e expor os conhecimentos sobre a logística reversa e sustentabilidade de forma inovadora, com a adoção de novos conceitos e instigando os leitores a gerir as organizações em geral, em busca dos melhores resultados e benefícios para a sociedade.


Sinopse: Concebido como parte das celebrações dos 20 anos de TRIGUEIRO FONTES Advogados, esta obra coletiva foi preparada por nossos integrantes e também por renomados estudiosos, organizada com a valiosa colaboração da pesquisadora Patrícia Guarnieri, da Universidade de Brasília (UnB) e uma das maiores conhecedoras sobre logística reversa no Brasil na atualidade.
Tendo como ponto de partida a ainda recente Politica Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal 12.305/2010), estão reunidos nesta obra artigos de indiscutível qualidade, que nos presenteiam com a pesquisa, competência e vivência dos autores. Seis dos autores da presente obra são integrantes do Trigueiro Fontes Advogados e apresentam, a partir de experiências próprias, seus ensaios: Alexandre Carvalho e Fábio Lobosco, versando sobre os reflexos da nova lei na esfera criminal; Renata Fontes, com o impacto da logística reversa na área empresarial, além de Ana Carolina Brito e Pedro Carneiro, que atuam propriamente na seara ambiental e discorrem, respectivamente, sobre resíduos perigosos e a regulamentação do assunto na construção civil. Além dos artigos já mencionados, registro o brilho das obras de Letícia Marchese, sobre Educação Ambiental; Magnum Eltz, tratando dos reflexos da PNRS sobre as relações de consumo; Patrícia Guarnieri, discorrendo sobre logística reversa; Lúcia Helena Xavier e Helena de Andrade-Lima, a respeito dos resíduos eletroeletrônicos; Selma Carneiro, que traz a experiência da atuação do Ministério Público Estadual para o cumprimento da lei e desativação dos lixões; e Virginia Leal, com uma visão do sistema espanhol de responsabilização por danos ambientais. (Roberto Trigueiro Fontes).

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O LIVRO GRATUITAMENTE

Sinopse: Logística reversa como solução para o problema do lixo eletrônico - Benefícios Ambientais e Financeiros vem suprir uma carência de literatura nessa área. Para tal, o autor Eduardo Correia Miguez expõe vários aspectos relacionados à logística reversa, como: legislação, meio ambiente e responsabilidade social. Objetivando sempre demonstrar casos em que em que as empresas conseguem prover benefícios financeiros com uso das atividades da logística reversa e mostrar que ações que levem em conta melhorias ao meio ambiente podem caminhar ao lado de retorno financeiro para as empresas.

PARA COMPRAR O LIVRO CLIQUE AQUI



Cradle to Cradle -William McDonough e Michael Braungart
Sinopse: Qual é o modelo mais inteligente: cradle to cradle ou cradle to grave? Esta e outras questões provocadoras, com respostas ainda mais instigantes, são colocadas para as empresas pelos autores de Cradle to Cradle, William McDonough (arquiteto) e Michael Braungart (químico).
O modelo do berço ao berço, proposto pelos autores, traz uma solução inovadora para o desafio do desenvolvimento sustentável. Eles propõem que o homem continue a consumir e a se desenvolver, porém, que ao invés de destruir o meio ambiente, deve “alimentar” o ciclo biológico da Terra (waste equals food) e o ciclo tecnológico das indústrias. O que não puder ser utilizado como “nutriente para o meio ambiente”, deverá ser quebrado em elementos que possam ser reabsorvidos pelas indústrias como matéria-prima de qualidade (os autores condenam o downcycling). Criam-se assim, novas formas de produção, construção e utilização de recursos naturais e matérias-primas mais eficaz, econômica e sustentável. Os autores também sugerem que o modelo de negócios futuro, será baseado principalmente no valor dos serviços e não propriamente nos produtos.O livro traz vários casos de empresas que adotam o modelo cradle to cradle nas mais diversas escalas. A Ford, por exemplo, renovou inteiramente sua planta industrial em River Rouge (Michigan, EUA), tornando-se um dos melhores exemplos dos impactos positivos de um site de produção sustentável. Além disso, a Ford vê a planta de River Rouge, como um laboratório para a criação de produtos inovadores, e ainda economizou US$35 milhões. Outras empresas como Nike, SC Johnson, Dow Chemical, Du Pont, e Herman Miler também estão aplicando o cradle to cradle.

Compilação das resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA/Ministério do Meio Ambiente  - MMA
Esta publicação compila todas as publicações de resoluções relativos a resíduos sólidos de diversas categorias do Conselho Nacional do Meio Ambiente. Pode ser baixado gratuitamente.
Resoluções do Conama: Resoluções vigentes publicadas entre setembro de 1984 e janeiro de 2012

                         Download grátis