"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

domingo, 1 de agosto de 2010

Prefeitura de SP pede ajuda a universitários para implantar aquecedores solares

A prefeitura de São Paulo está negociando com a Universidade de São Paulo a contratação de estagiários para monitorar a instalação de aquecedores solares em construções na cidade, informou à Revista Sustentabilidade Carlos Faria, principal executivo do programa de incentivo a aquecedores solares da associação de fabricantes do equipamento (Abrava).

"Acabou o discurso que a instalação do equipamento é ruim," disse. "As empresas já estão embarcando nisso".
Desde julho de 2008, todos as edificações novas na cidade, com mais de quatro banheiros devem implementar sistemas de aquecimento solar.
Segundo Faria, a lei tem sido cumprida pelas empresas, mas falta aprimorar o conhecimento técnico dos projetistas hidráulicos e elétricos para dar mais eficiência aos projetos.
Apesar da Abrava e da prefeitura realizarem um trabalho de treinamentos e distribuição de cartilhas para os profissionais da área, ainda falta informação sobre o sistema.
Depois 10 meses da lei, a entidade e a Secretaria do Meio Ambiente estão fazendo um levantamento para saber quantos painéis foram instalados na cidade. A informação deve ser disponibilizada no início do segundo semestre de 2009, disse Faria.
A lei paulistana foi resultado de um trabalho da Abrava junto aos legisladores da cidade, numa campanha nacional que já conseguiu aprovar projetos parecidos em 30 cidades no país inteiro.
Em outros 90 municípios, projetos parecidos estão tramitando e agora, disse Faria, vereadores de 20 municípios estão consultando a entidade para redigir projetos que obrigam o uso de aquecedores solares.
Além do trabalho com os municípios, a Abrava está conversando com o governo federal para montar a plataforma solar térmica do Brasil.
"O Brasil tem um grande potencial para captar energia solar," disse Faria. Segundo ele existem cerca de 800 mil equipamentos de aquecimento solar instalados no Brasil.
Por: Alexandre Spatuzza
Fonte: www.revistasustentabilidade.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário