"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

sábado, 17 de abril de 2010

Empresa de logística reversa faz upcycling de 200 mil embalagens em 7 meses no Brasil

A TerraCycle Brasil, empresa de logística reversa que reprocessa recicláveis rejeitados pela comunidade de catadores e os transforma em novos produtos, coletou 200 mil embalagens no Brasil nos últimos sete meses. A informação é de Guilherme Brammer, presidente da TerraCycle Brasil.
“O que era lixo virou matéria prima para a TerraCycle”, disse Brammer. Ele se refere ao trabalho de logística reversa da TerraCycle Brasil que coleta embalagens flexíveis usadas para salgadinhos e sucos em pó - considerados resíduos de difícil reciclabilidade e tidos pela comunidade de catadores como materiais sem valor comercial - e os transformam em produtos com valor comercial como mochilas, estojos e bolsas.
As embalagens de salgadinhos são feitas de polipropileno bio orientado BOPP. As de suco, de polietileno, poliester e aluminio. “Esses produtos são recicláveis, mas eles não tem valor econômico para o catador e por isso acabam indo para os aterros ou lixões", afirma Brammer.
O executivo explica que a empresa, que surgiu nos Estados Unidos, chegou há sete meses no Brasil e trabalhou de forma fechada, com cooperativas durante os cinco primeiros meses. Apenas nos últimos dois meses é que a empresa abriu espaço para as brigadas, grupos de voluntários que se unem para coletar esses recicláveis.
"O Brasil nos surpreendeu, pois em sete meses já temos 17 mil pessoas coletando e já revertemos dos lixões e aterros mais de 200 mil embalagens em sete mil produtos e muito deles foram vendidos no Walmart, o primeiro varejista parceiro da empresa no Brasil”, disse Brammer.
Em dois meses, as brigadas já enviaram para a empresa mais de seis mil unidades de embalagens. Em todo o mundo, a empresa já coletou mais de um bilhão e meio de embalagens e tem mais de 10 milhões de pessoas envolvidas no projeto.

Por: Fernanda Dalla Costa
Para ler a notícia completa acesse:

http://www.revistasustentabilidade.com.br/reciclagem/empresa-de-logistica-reversa-faz-upcycling-de-200-mil-embalagens-em-7-meses-no-brasil

Um comentário:

  1. Alessandra Toledo18 de abril de 2010 14:32

    Muito obrigada pelas informações, foram valiosas.
    Meu TCC está quse concluido.
    Abraços....

    ResponderExcluir