"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Rio+20 - Oportunidade de debate sobre Meio Ambiente, Sustentabilidade e Economia Verde

Crédito: Martin Garcia
Após receber homenagem na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (25/10), a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, afirmou que a Rio+20, conferência mundial da ONU que será sediada no Rio de Janeiro em 2012, "oferecerá ao Brasil oportunidade ímpar" de mostrar ao mundo que é possível aliar desenvolvimento sustentável e erradicação da pobreza. "O Brasil conquistou uma liderança importante no setor nas duas últimas décadas, desde a Rio 92", disse a ministra. "O País tem sido exitoso e procura cada vez mais resultados sólidos e permanentes para erradicar a pobreza, preservar o meio ambiente e gerar desenvolvimento."
A Rio+20 será realizada de 28 de maio a 6 de junho de 2012 e reunirá na capital carioca mais de 10 mil pessoas - entre eles líderes vindos de todos os continentes - para debater Meio Ambiente e Sustentabilidade. É um evento internacional extremamente importante, de diálogo, que não se limita a governos, pois terá a mobilização da sociedade, do setor produtivo e do setor financeiro , afirmou a ministra. "Teremos a chance de mostrar muito do que o Brasil fez em duas décadas. E devemos mostrar o que iremos fazer nos próximos 20 anos em termos de sustentabilidade aliada ao desenvolvimento."
Izabella Teixeira participou da abertura do Encontro Nacional de Secretários do Meio Ambiente, na Câmara Federal, momento em que foi homenageada com o título de Membro Honoris Causa da Academia Brasileira de Filosofia, que dedicou aos analistas do Ibama e do Instituto Chico Mendes. Depois da homenagem, falou sobre a importância do evento e dos temas que devem ganhar cada vez mais importância, como economia verde, erradicação da pobreza e governança pelo desenvolvimento sustentável. A ministra destacou, ainda, a relevância de temas como o Plano Nacional de Resíduos Sólidos, mudanças climáticas e o diálogo permanente entre os poderes Executivo e Legislativo.
Em entrevista concedida após a abertura do evento, Izabella Teixeira disse ter expectativa positiva em relação ao Código Florestal, que tramita no Senado. "Os debates ocorreram em ambiente extremamente positivo e construtivo, para termos uma lei que seja aplicável, com segurança jurídica e, sobretudo, uma lei que reconheça a riqueza da biodiversidade brasileira", afirmou. Quanto ao licenciamento ambiental, a ministra disse que o governo está trabalhando na modernização e na eficiência dos procedimentos. "O Ibama tem feito esforços sucessivos de modernização e aperfeiçoamento, e entendemos que é possível avançar ainda mais."

Por:  Rafael Imolene

Fonte: ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário