"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

381 toneladas de lixo foram retiradas da Cidade do Rock nos 7 dias de show do Rock in Rio 2011

Garis da Comlurb recolhem o lixo da Cidade doRock (Foto: Divulgação/Comlurb)
A Comlurb removeu nos sete dias de shows do Rock in Rio 381 toneladas de lixo da Cidade do Rock, na Zona Oeste do Rio. Somente no último dia de festival, no domingo (2), foram recolhidas 41 toneladas – 29 de material potencialmente reciclável e 12 de lixo orgânico. 
O balanço foi divulgado pela assessoria da Comlurb no início da tarde desta segunda-feira (3).Ainda de acordo com a Comlurb, o lixo reciclável seguirá para a Estação de Transferência de Jacarepaguá, de onde será entregue à Cooperativa Barracoop; já o orgânico vai para a Usina do Caju para produção de adubo orgânico.
Os catadores da Barracoop, por sua vez, recolheram outras 15 toneladas de recicláveis, entre papelão, papel misto, plástico e latas, informou a Comlurb. 
Garis começaram a coletar o lixo após o último show de sexta-feira no festival (Foto: Carolina Lauriano/G1)
O serviço de limpeza realizado pela Comlurb teve início na segunda-feira (19), quando, nessa fase de preparação da Cidade do Rock, foram geradas 50 toneladas de resíduos. A Companhia mobilizou uma equipe de 1.930 garis para garantir a limpeza de todo o evento, distribuídos em três turnos.
Os trabalhos também cobriram as ruas no entorno da Cidade do Rock e as principais vias de acesso ao local. Os serviços na Cidade do Rock e no entorno envolvem 659 veículos e equipamentos
Durante o festival, segundo a Comlurb, 200 garis atuaram em três turnos, 24 horas por dia, na Cidade do Rock. Eles trabalharam em duplas nas áreas de livre acesso próximas aos palcos e nas praças de alimentação.
Segundo a Comlurb, a liberação para levar alimentos diminuiu a quantidade de embalagens e o público passou a usar mais os 800 contêineres instalados para receber resíduos orgânicos e recicláveis.

Fonte: Portal G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário