"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Marketing secreto - O incentivo ao consumismo de forma velada

Olá pessoal,
    Ontem assisti um filme, o qual achei muito interessante e resolvi compartilhar com vocês: "The Joneses" (inglês) e "Amor por contrato" (português), que trata da sociedade consumista, ávida pelos últimos lançamentos, marcas da moda e novidades. O filme mostra o extremo que as pessoas podem chegar por desejar viver o "american life style", ou seja consumir, consumir e consumir sem limites, mesmo sendo este consumo inviável economicamente.  O filme apresenta o conceito de "marketing secreto"  e pesquisei sobre este conceito: "Falar bem de um produto ou desfilar carregando-o pela rua tornou-se numa atividade paga, uma nova forma de promoção, conhecida como "Undercover marketing", em português “marketing secreto”. O Undercover marketing envolve contratar atores treinados para comentar sobre determinada marca ou produto com outras pessoas (consumidores potenciais). A abordagem, planejada pelas agências de publicidade e pelos anunciantes, é sempre natural e de baixo custo em comparação com o planejamento de eventos ou veiculação na mídia. Especialistas em marketing ainda não consideram a atividade ética. As ações do Undercover marketing são sigilosas, pois os atores não se revelam, e muitas empresas não assumem publicamente o planejamento. O Undercorver marketing também designa uma propaganda sutil, como uma logomarca presente num filme". (Fonte: Brasil Escola) Bom, agora já dá para entender como o conceito funciona, portanto atores representam o papel pessoas que são consideradas "exemplos de alto estilo", estas são infiltradas em determinado bairro ou meio de alto padrão  e convencem as demais de "forma indireta e velada" a consumir as marcas e movimentar a economia do consumismo. No filme 4 pessoas contratadas por uma empresa de marketing transmitem a idéia de "família feliz e perfeita", bem sucedida, que consome tudo o que há de melhor no mercado, mesmo antes do seu lançamento, todos os vizinhos e contatos por sua vez, querem ter o mesmo que eles.
    Ou seja, as pessoas acabam comprando não por necessidade, mas sim por que querem o mesmo estilo de vida dos vizinhos, colegas, etc. Desta forma vivendo uma vida vazia... que gera cada vez mais resíduos a ser descartados no meio ambiente. Indico o filme para quem deseja conferir de uma forma mais leve como a sociedade capitalista incute a idéia do consumismo em nossas vidas, e muitas vezes sequer nos damos conta disso.
    Confiram o trailer no YOUTUBE
    Outro documentário que trata disso de uma forma diferente é o "2012 - Tempo de Mudanças" -  durante seus 84 minutos “2012 - Tempo de mudança” aborda, de maneira clara e sintetizada, os três pilares da sustentabilidade - sociedade, meio ambiente e economia - deixam de ser algo distante para o espectador. Inspirado no best-seller do jornalista Daniel Pinchbeck, 2012 – The Return of Quetazlcoatl, o longa propõe mudanças nas relações entre o homem e a natureza.
    Excluindo-se a parte em que trata de drogas psicotrópicas, o documentário é muito válido, pois apresenta diversas soluções para a situação em que vivemos de alto consumismo e geração de resíduos  e mostra que é possível sim, criar alternativas viáveis e inovadoras para resolver esses problemas. O filme conta com a participação de um brasileiro - Gilberto Gil.
    Assistam ao trailer no YOUTUBE
    Por: Patrícia Guarnieri - Blog Logística Reversa  e Sustentabilidade

Um comentário:

  1. interessante esse tema, estou pesquisando sobre marketing secreto para um trabalho de faculdade e essa dica é muito útil. vou assistir esse filme, e refletir bastante nisso pois hoje o consumo desenfreado nos cega, muitas vezes agente compra certo produto ou serviço e nem se quer chega a usa-lo! um exemplo disso são algumas roupas que vejo que comprei e nem as usei sabe! essa crescente onda que nos envolve e nos contagia com propagandas e estilos de vida, muitas vezes desvia o nosso olhar de comprar só quando realmente precisa e necessita. valeu mesmo obrigado por compartilhar esse tema. abraços.. Agnaldo.

    ResponderExcluir