"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Embalagens sustentáveis - Empresa GreenBottle cria garrafas de leite feitas de papel

Um balão de papel machê inspirou o inglês Martin Myerscough a criar garrafas de leite feitas de papel. O investimento foi eficaz e hoje a empresa fornece o material para 15 lojas.
A empresa GreenBottle nasceu a partir da necessidade de criar uma alternativa para as embalagens de plástico para leite. Myerscough, o fundador, pesquisou e teve acesso às estatísticas sobre garrafas de plástico, que segundo ele, eram “simplesmente horríveis”. Na ocasião, em 2006, Myerscough chegou a conclusão que algo poderia ser feito, só que ele ainda não sabia exatamente o que. A ideia surgiu quando seu filho chegou em sua casa com um balão de papel machê da escola. 
Assim, ele criou a GreenBottle (garrafa verde em inglês). Ela tem um revestimento plástico interno, que mantém o líquido protegido. Externamente a embalagem é feita de papel reciclado. O invólucro de papel pode ser reciclado até cinco vezes ou eliminado em uma pilha de compostagem.
Das embalagens de leite vendidas no Reino Unido, 90% são feitas a partir do petróleo. São usadas mais de 15 milhões de garrafas de plástico com leite diariamente no país, onde a maioria dos resíduos tem como destino o aterro sanitário. As comuns levam cerca de 500 anos para se decompor e só podem ser recicladas uma vez, já a garrafa de papel se decompõe em aproximadamente 35 dias. 
A GreenBottle foi desenvolvida para ser facilmente separada e levada para a reciclagem. São apenas três passos: rasgar o papel, retirar o plástico do leite e descartá-los em uma coleta seletiva.
A empresa recebeu o financiamento de 4,5 milhões de libras de investidores privados. Agora está desenvolvendo uma alternativa “verde” para que as garrafas de detergente e xampu também sejam ecológicas.
Em 2007 a GreenBottle ganhou o Prêmio Verde pela “criatividade sustentável”. O produto já é comercializado em uma conhecida rede de supermercados do Reino Unido.

Por: Redação CicloVivo
Fonte: Ciclo Vivo

Um comentário:

  1. É raro ver uma grande empresa crescer olhando pra esse lado da sustentabilidade, bom saber que existe uma organizaçao preocupada em ganhar com lucros diretos e indireto,cuidando bem da natureza e realizando tarefas com o nosso bem maior!

    ResponderExcluir