"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

sábado, 2 de julho de 2011

TerraCycle Brasil insere no mercado produtos sustentáveis, fabricados a partir de embalagens pós-consumo utilizando o conceito de upcycling

Crédito da imagem: Inovação Verde
A TerraCycle foi criada nos EUA no ano de 2001, por Tom Szaky, um estudante da Universidade de Princeton. Em 2009 veio para o Brasil através do empresário Gui Brammer. O objetivo da TerraCycle é criar soluções inovadores para reutilizar resíduos e através disso promover, não só a consciência ambiental, mas também o desenvolvimento sócio-econômico por meio de geração de renda e da construção social. Ela retira, reutiliza e transforma toneladas de resíduos que seriam enviados para aterros sanitários (Vivian Blaso). Ou seja, trazendo para o conceito que nos diz respeito, a empresa realiza a logística reversa de embalagens de pós-consumo, que são descartadas em enormes quantidades no lixo comum, encaminhando para os canais reversos de reciclagem e upcycling.
Os produtos da Terracycle, além de divertidos e exclusivos, são totalmente sustentáveis. Na empresa é aplicado o conceito de upcycling, que é diferente da reciclagem, o qual apresentei para vocês há algum tempo aqui no blog: "o processo de recuperação que converte materiais desperdiçado/resíduos  em novos materiais ou produtos  com maior e melhor qualidade ambiental e maior valor agregado". 
Crédito da imagem: Adaptado do site da TerraCycle por Patricia Guarnieri - Blog Logística Reversa e Sustentabilidade
O mais legal é que a empresa procura focar em embalagens que não são muito interessantes em termos econômicos, como por exemplo: embalagens de salgadinhos, chocolate, sorvete, embalagens de margarina, embalagem de folha sulfite, entre outros. Desta forma,  utiliza os resíduos que muitas vezes são deixados de lado pela maioria das empresas que operam com reciclagem e os retiram dos aterros sanitários ou locais de disposição inadequado, contribuindo muito para o meio ambiente. Não haveria muito sentido se a empresa investisse nos resíduos em que o Brasil já é campeão de reciclagem, os quais, como já citei para vocês em outras postagens são: alumínio, aço, PET, entre outros.
E outro aspecto interessantíssimo, que não posso deixar de destacar é que VOCÊ que está agora lendo essa postagem, pode contribuir para este processo, para isso basta acessar o site da TERRACYCLE, acessar o link "Colete e envie", desta forma você pode juntar os resíduos gerados na sua residência, ou até mesmo mobilizar vizinhos e conhecidos e, reutilizando  qualquer  caixa que você tenha em sua casa, escritório ou escola, enviar para que a Terracycle utilize estas embalagens nos seus produtos. A empresa paga R$0,02 por cada embalagem que recebe, no entanto este valor não é pago para a pessoa que enviou as embalagens e sim para uma instituição sem fins lucrativos que receberá a doação, ou seja, você estará contribuindo para o meio ambiente e também socialmente, auxiliando alguma instituição carente de recursos.
Abaixo posto o link da entrevista realizada por Vivian Blaso com Guilherme Brammer. O CEO da TerraCycle no Brasil, fala de sua trajetória, a vinda da TerraCycle para a América Latina, as expectativas, os resultados já atingidos e como cada cidadão pode colaborar para reduzir o envio de resíduos para os aterros. Dentro dessa perspectiva ele nos introduz o conceito de UpCycle, o ciclo que as matérias primas e produtos devem ter dentro do mercado.
Assista o vídeo da entrevista no site CONVERSA SUSTENTÁVEL
Além disso, Gui Brammer possui um blog chamado INOVAÇÃO VERDE , no  qual posta entrevistas com diversos profissionais da área de sustentabilidade, desta forma, compartilhando diversos assuntos interessantes e essenciais para o novo contexto empresarial que inclui a sustentabilidade.  Vale muito a pena conferir!


Nenhum comentário:

Postar um comentário