"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

domingo, 20 de março de 2011

Primeira versão do Plano Nacional de Resíduos Sólidos será apresentada ao Brasil dia 21 de junho de 2011

No dia 21 de junho deste ano será apresentada ao Brasil a primeira versão do Plano Nacional de Resíduos Sólidos. Em seguida, o documento será colocado em debate com a sociedade, por meio de consulta pública, por cerca de 40 dias. A primeira versão do plano está sendo construída com cenários embasados em estudos elaborados pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), que fará o primeiro diagnóstico dos resíduos sólidos no País.
O lançamento do Plano Nacional de Resíduos Sólidos faz parte do calendário de ações do Comitê Interministerial da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), oficialmente empossado nesta quinta-feira (17/3) pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. O Comitê é composto por representantes de 10 ministérios, da Casa Civil e da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República.
Além de aprovar o calendário de ações e instituir os procedimentos para a elaboração do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, o Comitê Interministerial tem entre as suas prerrogativas a promoção de estudos e proposição de medidas visando à desoneração tributária de produtos recicláveis e reutilizáveis e a simplificação dos procedimentos para o cumprimento de obrigações acessórias relativas. Vai também formular estratégia para a promoção e difusão de tecnologias limpas para a gestão e o gerenciamento de resíduos sólidos.
Em sua primeira reunião, o Comitê já apresentou o plano de trabalho até novembro, aprovou o regimento interno e definiu a composição dos grupos temáticos.
A ministra Izabella Teixeira, que presidiu a posse do comitê, disse estar muito satisfeita com a implementação da PNRS, pois é uma agenda esperada há 21 anos. "Temos quatro anos para montar um novo quadro para os resíduos sólidos em nosso País", disse. Como exemplo de iniciativa bem-sucedida, nesta área, a ministra citou a campanha "Saco é um Saco", criada pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com o setor privado e que já conseguiu retirar de circulação 5 bilhões de sacolas plásticas, das 14 bilhões que seriam distribuídas.
Além do Ministério do Meio Ambiente, coordenador do Comitê, fazem parte da instância os ministérios das Cidades, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, da Saúde, da Fazenda, do Planejamento, Orçamento e Gestão, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e da Ciência e Tecnologia, além da Casa Civil e da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República.

Por:  Suelene Gusmão

Fonte: MMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário