"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

sábado, 12 de março de 2011

Norma internacional ISO 26000 estabelece diretrizes mundiais de responsabilidade social

Foi oficialmente lançada em Genebra, na Suíça, a esperada norma internacional ISO 26000 que estabelece diretrizes mundiais de responsabilidade social. Há cinco anos, membros da ISO - International Organization for Standardization (Organização Internacional para Normatização) vinham se dedicando à elaboração da norma por meio de um grupo que envolveu 99 países-membros e 42 organizações. O grande desafio foi encontrar um denominador comum que levasse em conta as diferenças sociais, culturais, ambientais, legais e econômicas entre as nações a fim de fazer com que a norma pudesse ser ajustada às múltiplas realidades locais.
À frente desse esforço internacional, como líder do grupo de trabalho da ISO 26000, estava o brasileiro Jorge Cajazeira, reconhecido especialista no tema e executivo da Suzano Papel e Celulose. "Depois de muitas discussões, chegamos ao consenso de que responsabilidade social é o meio para se atingir a sustentabilidade. Isso inclui ter uma relação ética com os diferentes públicos, os stakeholders, e práticas que atendam e ultrapassem as determinações legais no sentido de se respeitar os direitos humanos, garantir diversidade, segurança, saúde e confiança nas relações de trabalho, lidar de modo transparente com a imprensa e transmitir informações com precisão", detalha Cajazeira.
No dia 8 de dezembro, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) lançou a versão em português da norma que não tem caráter de certificação, mas sim de guia de gestão. "Seguramente, a ISO 26000 será a grande norteadora do comércio internacional, garantindo uma linguagem comum em termos de responsabilidade social com vistas ao desenvolvimento sustentável", destaca Cajazeira.

Para saber mais: www.iso.org/iso/social_responsibility www.abnt.org.br

Fonte: CEMPRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário