"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

terça-feira, 6 de abril de 2010

16 Dicas sustentáveis para o seu dia-a-dia

1)Um litro de óleo despejado no ralo pode contaminar até 20 mil litros de água. Não provoque esse impacto, junte o óleo e doe para uma associação.
2)Escovar os dentes com a torneira aberta por 5 minutos pode gastar até 12 litros de água. Desligue e só ligue novamente a torneira quando for enxaguar.
3)Um banho de ducha de 15 minutos consome em média 135 litros de água. Se fecharmos o registro enquanto nos ensaboamos e reduzirmos o tempo para 5 minutos, o consumo cai para 4,5 litros.
4)1 tonelada de papel reciclado evita o corte de 15 a 20 árvores, economiza 50% de energia elétrica, 10 mil m3 de água e 25 barris de petróleo.
5)Uma família pode deixar de lançar até 420 kg de dióxido de carbono por ano reciclando o lixo da sua casa.
6)A reciclagem de uma lata de alumínio economiza 90% da energia elétrica necessária para fabricar uma nova lata. Essa eletricidade pode manter uma TV ligada por até 3 horas.
7)Não descarte pilhas e baterias no lixo comum. Elas demoram entre 100 e 500 anos para se degradar, além de contaminar o solo e lençóis freáticos.
8)O monitor ligado, mesmo com aquele descanso de tela bacana, é responsável por até 80% do consumo do computador. Prefira desligá-lo.
9)Esquecer o carregador de celular ligado parece um pequeno descuido, mas gasta muita energia elétrica.
10)O verdadeiro cidadão participa das decisões da sociedade em benefício de uma cidade melhor e de um país mais justo para todos. Vote com responsabilidade!
11)Praticando a carona solidária diminuímos a emissão de poluentes.
12)Sugira na sua empresa medidas de economia de energia elétrica, água e materiais de consumo.
13)A iluminação é responsável por uma parcela do consumo de energia do lar entre 10% e 20%. Troque as lâmpadas convencionais por fluorescentes ou frias e pinte as paredes com cores claras que refletem melhor a luz, diminuindo a necessidade de iluminação artificial. Assim, além de economizar recursos naturais, economiza dinheiro!
14)Quando possível troque seus eletrodomésticos antigos por aqueles que tem o Selo Procel de economia de energia. Terá o retorno do investimento rapidinho, pois estima-se que a economia proporcionada é de 30% da sua conta de energia ao mês.
15)O simples fato de enxaguar as embalagens dos alimentos antes de os jogarmos na lixeira (separadamente do lixo orgânico) agrega muito valor ao lixo, no momento da venda pelos catadores aos recicladores.
16)Separe seu lixo, mesmo se não houver coleta seletiva em sua cidade, muitas pessoas vivem do lixo (catadores) e se ele estiver separado e limpo terá um valor agregado maior, gerando mais renda para estas pessoas.

SUJOU, LIMPE! JOGUE O LIXO NO LIXO! CONSUMA RESPONSAVELMENTE! RECICLE! PREFIRA PRODUTOS RECICLADOS! PREFIRA EMPRESAS AMBIENTALMENTE RESPONSÁVEIS!

4 comentários:

  1. Além dos cuidados que devemos ter no dia a dia para evitar desperdícios e contribuirmos com a sustentabilidade, é necessário além de verificar as 16 dicas postadas pela amiga Patrícia, atentarmos também - enquanto consumidores "racionais" - para o posicionamento das empresas.
    No caso da construção civil, para auxiliar os projetistas, empreendedores e usuários na seleção de fornecedores e dos materias que serão utilizados nas obras a revista Verde Perto: vida sustentável apresenta 6 passos que servem de guia para identificar uma empresa sustentável. Os passos são os seguintes:
    1 - Verificação da formalidade da empresa fornecedora (CNPJ);
    2 - Verificação da licença ambiental da unidade fabril;
    3 - Respeito as normal técnicas que garantem a qualidade do produto;
    4 - Consultar o perfil de responsabilidade socioambiental da empresa;
    5 - identificar a existencia de verniz verde (greenwash);
    6- Análise da durabilidade do produto.

    Cuide do meio ambiente.

    ResponderExcluir
  2. Além dos cuidados que devemos ter no dia a dia para evitar desperdícios e contribuirmos com a sustentabilidade, é necessário além de verificar as 16 dicas postadas pela amiga Patrícia, atentarmos também - enquanto consumidores "racionais" - para o posicionamento das empresas.
    No caso da construção civil, para auxiliar os projetistas, empreendedores e usuários na seleção de fornecedores e dos materias que serão utilizados nas obras a revista Verde Perto: vida sustentável apresenta 6 passos que servem de guia para identificar uma empresa sustentável. Os passos são os seguintes:
    1 - Verificação da formalidade da empresa fornecedora (CNPJ);
    2 - Verificação da licença ambiental da unidade fabril;
    3 - Respeito as normal técnicas que garantem a qualidade do produto;
    4 - Consultar o perfil de responsabilidade socioambiental da empresa;
    5 - identificar a existencia de verniz verde (greenwash);
    6- Análise da durabilidade do produto.

    Cuide do meio ambiente.

    Eliz Regina

    ResponderExcluir
  3. Olá Eliz!
    Ótimas dicas, os profissionais e empresas estão sendo cada vez mais impelidos a adotar práticas ambientais corretas! Obrigada por compartilhar essas dicas conosco!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Pelas Dicas !

    Espero mais pessoas adotarem esse metodo, ajudando nosso meio ambiente e nosso mundo ...

    se alguem tiver mais ideias ou assuntos como estes , entre em contato com meu email, fer_nandinho.br@hotmail.com

    Obrigado e novamente Parabéns !

    ResponderExcluir