"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

sábado, 27 de março de 2010

Disposição de pilhas e baterias - Entrevista com Panasonic

Entrevista feita com a empresa Panasonic, por Luana M. Abreu, a respeito da disposição de pilhas e baterias:

1. A Panasonic está respeitando a Resolução do CONAMA 257, sobre pilhas e baterias?

R.:A PANASONIC está atendendo ao disposto na Resolução CONAMA, art. 6º. Mais ainda, não está mais produzindo pilhas contendo cádmio e mercúrio e a quantidade de chumbo está bem abaixo dos índices previstos no referido artigo.

2. Por que a Panasonic possui pontos de coleta de pilhas se está de acordo com a resolução?

R.: A Panasonic possui pontos de coleta para as baterias que necessitam serem devolvidas, ou seja, baterias de telefone sem fio, de filmadoras, ou outro tipo qualquer (normalmente as baterias recarregáveis), que possuem esta recomendação na embalagem.

3. Os postos de coleta Panasonic recolhem apenas pilhas de sua marca?

R.: A Panasonic é obrigada a recolher apenas as baterias de sua marca.

4. De acordo com esta resolução as empresas após um ano a partir da vigência desta mesma resolução do CONAMA, deve constar de forma visível as advertências sobre os riscos à saúde humana e ao meio ambiente, assim como serem devolvidos aos revendedores para que repassem aos fabricantes em matérias publicitárias ou embalagens, mas isso não está sendo feito. O órgão SISNAMA está realmente fiscalizando o cumprimento desta resolução?

R.:Com relação à colocação na embalagem de advertências sobre os riscos à saúde humana e ao meio ambiente, esta advertência deve ser colocada naquele produto que possui esse risco, não é o caso das pilhas que não são coletadas por estarem de acordo com o previsto no artigo 6º da Resolução. Com relação à fiscalização, o IBAMA tomou para si esta incumbência e os fabricantes são obrigados a informar ao IBAMA sobre o andamento do cumprimento da Resolução.

Fonte: http://ambientes.ambientebrasil.com.br/residuos/artigos/algumas_informacoes_sobre_disposicao_de_pilhas_e_baterias.html

29 comentários:

  1. olá Patrícia Guarnieri, estou no quarto perÍodo de gestão ambiental, e estou com dificuldades para elaborar meU pré projeto.
    estou desenvolvendo um plano de gerênciamento de pilhas e baterias para cidade de telêmaco borba pr. gostaria q me enviase material sobre o assunto. desde já muito obrigado. juniorcnbs@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Junior,
    Obrigada pela participação no blog!
    Enviei no seu e-mail diversos materiais para seu embasamento e também materiais específicos sobre pilhas e baterias.
    Acesse o site: www.cempre.org.br, vá em fichas técnicas e procure por pilhas e baterias, neste site também existe relações de recicladores, catadores, etc. Enfim há muitas informações úteis. Acesse também: http://www.madeinforest.com/?reciclagem, também encontrará pontos de coleta de pilhas e baterias
    Se tiver dúvidas poste aqui no blog e logo responderei.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Seu blog esta muito rico em informações, estava dificil encontrar na net assuntos relacionados à logistica de pós-consumo, este auxiliará por demais meu grupo em nosso seminário.
    Muito obrigado...

    Ademir Martins dos Santos
    Fatec Carapicuiba

    ademir_msantos@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Ademir, como vai?
    Fico feliz em saber que gostou do blog! Enviei alguns materiais no seu e-mail. Espero continuar contando com sua participação! Se inscreva e siga o blog e receberá atualizações diárias.
    Conto também com seu voto no Prêmio Top Blog, basta clicar no selo.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  5. Oi Patricia, tudo bem
    Sou Marcelo!!
    Estou no segundo semestre de Gestão em Logística (Unip Campinas),preciso desenvolver um artigo sobre logística reversa de pilhas e baterias mas não consigo achar materiais especificos para este tema, na verdade estou perdido pois esta sendo um desafio muito grande para mim pois nunca desenvolvi um artigo, éntão gostaria de saber se você tem algum material especifico para me ajudar nesse tema e de como desenvolver esse artigo.
    Desde ja agradeço sua aténção.
    Segue abaixo meu e-mail para envio de algum material que possa me ajudar.
    marcelo.menezes@imactcampinas.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá Marcelo, tudo bem?
    Já enviei alguns materiais no seu e-mail, a estrutura de um artigo científico é praticamente a mesma de um TCC, porém de forma mais reduzida, normalmente um artigo tem 8 a 12 páginas se para um evento e até 20 se para um periódico. Para ter uma idéia acesse o tópico "Estrutura para trabalhos monográficos" de Fev/2010 e analise os artigos que eu lhe enviei.
    Espero ter ajudado, qualquer dúvida poste no blog.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Boa noite Patrícia
    me chamo Samara,estava navegando na internet e encontreio seu blog, achei muito interessante,gostaria que vc me ajudasse com materiais sobre logistica reversa como agregadora de valor a empresa e ao produto.
    meu e-mail é samara_tds@hotmail.com
    desde ja agradeço

    ResponderExcluir
  8. Olá Samara, como vai?
    Fiquei em dúvida se seu tema é sobre agregação de valor às empresas através da LR, ou se vc vai falar sobre a disposição de pilhas e baterias? Se for o primeiro caso, leia os artigos que enviei, há um de minha autoria que se titula "A caracterização da logística reversa em suas áreas pós-venda e pós-consumo, agregando valor econômico, legal e ambiental às empresas", inclusive ele foi indicado pelo autor Paulo R. Leite como bibliografia para LR. Se for sobre pilhas e baterias, me avise aqui pelo blog e enviarei mais materiais específicos, ok?
    Se tiver dúvidas, poste no blog e logo responderei.
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Olá Patricía,
    Obrigada pelo material, meu tema é sobre a logistica reversa como agregadora de valor a empresa.
    Estou cursando uma especialização em logística empresarial na Federal do Amazonas-UFAM. Esse material vai ajudar bastante no meu artigo um abraço, vou ser frequentadora assídua do teu blog.

    ResponderExcluir
  10. Boa Noite Patricia, sou Maurilio de Recife. Você poderia me enviar esse artigo LR de sua autoria. Para eu dar uma incrementada no meu trabalho da faculdade.

    email: maurilio.mendes2010@hotmal.com

    Abraços,
    Maurilio

    ResponderExcluir
  11. Olá Maurilio,
    Enviei este e outros materiais no seu e-mail.
    Se tiver alguma dúvida, poste no blog e logo responderei, ok?
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Patrícia, o e-mail não chegou pois coloquei (hotmal) e o correto é hotmail.
    E-mail => maurilio.mendes2010@hotmail.com

    Obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
  13. Olá Maurilio,
    Desculpe eu não percebi. Mas enviei novamente os materiais no e-mail correto,ok?
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Olá, Patrícia!
    Tudo bem???
    Estou concluindo meu curso em Administração de Empresas este ano e o meu tema do TCC é sobre pilhas e baterias, Logística Reversa.
    Será que vc teria algum material para me enviar e/ou indicar livros para comprar.
    meu e-mail: claudio_pdelima@hotmail.com
    Desde já agradeço
    Obrigado!
    Att.
    Cláudio

    ResponderExcluir
  15. Olá Claudio, como vai?
    Enviei no seu e-mail materiais sobre pilhas e baterias e também alguns artigos mais genéricos que com certeza, auxiliarão na elaboração do seu referencial teórico.
    Se tiver mais dúvidas, poste aqui no blog e logo responderei.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  16. Olá Patricia!
    minha empresa está iniciando um projeto de logítica reversa o qual irá incluir retorno de pilhas e baterias de maquinas agricolas (como as de carros).Serei o responsável por puxar este assunto porém não tenho nenhum conhecimento, gostaria de saber quais orgão devemos incluir nesta implementação. Existe algum material o qual você poderia enviar me? Agradeço muito pela atenção e parabéns pelo Blog.

    email- guileitevirtude@gmail.com

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Enviei alguns materiais no seu e-mail, alguns mais genéricos e outros específicos sobre pilhas e baterias, não tenho nada sobre pilhas e baterias de máquinas agrícolas, mas creio que o que enviei será útil, pois na legislação não há muita especificação quanto ao tipo.
    Na página inicial, no menu Legislação encontrará os links dos orgãos ambientais. No seu caso, terá que verificar as exigências do MMA, Conama e Instituto ambiental do seu estado. Verifique também a Política Nacional de Resíduos Sólidos que foi sancionada neste mês.
    Qualquer dúvida, poste aqui e logo responderei.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  18. Olá Patrícia,
    Sou a Adriana, estou elaborando uma monografia sobre Logistica Reversa, "PRÁTICAS E PROCESSO DE LOGÍSTICA REVERSA PARA O GERENCIAMENTO DO FLUXO REVERSO DE PILHAS E BATERIAS NO MUNICÍPIO DE PINHEIROS/ES". Gostaria de obter maiores informações para meu referencial teórico. Minha pergunta de pesquisa é se os agentes envolvidos na REsolução CONAMA 401/08, estão se adequando as exigências dessa resolução, uma vez que o prazo de 2 anos,encerra-se agora em novembro de 2010. Parabéns pelo trabalho desenvolvido.

    ResponderExcluir
  19. Ps.: meu email é adriana@simonetcom.br

    ResponderExcluir
  20. Olá Adriana, tudo bem?
    Enviei no seu e-mail alguns materiais.
    qualquer dúvida, por favor poste no blog, ok?
    Abraços,

    ResponderExcluir
  21. boa tarde patricia, parabens pelo artigo.
    preciso te fazer algumas perguntas:
    - SERIA POSSIVEL ÀS INDUSTRIAS INVESTIREM(MAIS) EM LOGISTICA REVERSA, SEM QUE ESTE PROCESSO VIESSE A ONERAR (MAIS...INFELIZMENTE) O CONSUMIDOR FINAL? QUER DIZER, SEM QUE ISSO REFLITA UM AUMENTO NO CUSTO EFETIVO DO PRODUTO AO CONSUMIDOS?
    - QUAL O PAPEL DO GOVERNO QUANTO A CRIAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE LEIS MAIS SEVERAS(DE FATO)?

    PARA MIM (ESPERO ESTAR EXAGERANDO),A HUMANIDADE ESTÁ NA IMINENCIA DE UM COLAPSO GERAL, E SINTO QUE ESTE CAMINHO NÃO TEM VOLTA, É COMO UM CANCER, QUE JÁ SE ESPALHOU E LOGO CHEGARÁ AOS ORGÃOS VITAIS. SEI QUE MUITO BONITO FALAR EM ESPERANÇA, CONSCIENCIA E OUTRAS COISAS DO GENERO, MAS A NATUREZA TEM PRESSA, E NÓS NÃO CONSEGUIMOS ACOMPANHAR SEU RITMO. O QUE VOCE ACHA?
    MEU E MAIL: andrielsonwatchman@hotmail.com

    ResponderExcluir
  22. Bom dia!
    Com certeza as empresas terão que investir recursos para implementar a logística reversa e estes terão um retorno a longo prazo, com relação a onerar o cliente, talvez sim, mas na maioria dos casos não onera, tendo em vista que o mercado já possui um preço alvo, o qual os consumidores estão dispostos a pagar pelo produto/serviço. Devido à concorrência se a empresa ultrapassar o preço alvo, o consumidor trocará de empresa e ela perderá uma fatia do mercado.
    O papel do Governo é fiscalizar e de acordo com a Lei 12.305/10, implementar programas de gestão de resíduos sólidos em parceria com cooperativas de catadores, empresas e consumidores.
    Quanto ao seu comentário, realmente temos que correr contra o tempo para sanar os impactos negativos que já causamos ao meio ambiente, mas como não podemos voltar atrás e mudar o passado, temos que pensar no presente e futuro e descobrir formas de preservar o meio ambiente já!
    Espero ter respondido suas dúvidas.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  23. Bom dia ! patricia, estou fazendo um trabalho de conclusao de curso na area de saude e ambiente. O tema do meu trabalhos será sobre descarte de pilhas e baterias,gostaria de saber se vc poderia me fornecer algum material. meu email é: edenildesantos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  24. Boa noite Edenilde,
    Desculpe a demora em responder, enviei materiais no seu e-mail agora, além disso dê uma olhada no meu livro (topo da página, basta clicar na imagem), há um capítulo sobre resíduos eletroeletrônicos, incluindo pilhas e baterias, explicando processos de reciclagem e diversos aspectos.
    Se precisar de algo entre em contato,
    Abçs.

    ResponderExcluir
  25. Boa noite!Patricia, gostaria de agradecer pelos materiais(são ótimos)ajudarão muito na elaboraçao do meu projeto. Faço mestrado em saúde e ambiente pela UFMA.

    ResponderExcluir
  26. Olá Patrícia, me chamo Cristiano e estou no 7° semestre de administração. Tenho como tema do meu trabalho de curso Logística Reversa de Pilhas e Baterias. Encontrei muitas informações úteis em seu site. Parabéns pelo trabalho que está desenvolvendo e pelo seu blog, ele é muito bom.
    Cristiano Almeida - calmeida2008@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  27. Olá Cristiano, bom dia!

    Enviei materiais no seu e-mail, sobre logística reversa, PNRS e também sobre pilhas e baterias, espero que sejam úteis. Acesse o menu do topo da página para buscar materiais adicionais, ok?
    Além disso, no meu livro que publiquei este ano, há um capítulo que trata dos resíduos eletroeletrônicos e, consequentemente de pilhas e bateriais, trato de alguns projetos de logística reversa, dados sobre reciclagem, empresas que realizam a reciclagem, se tiver interesse basta clicar na imagem do livro no topo da página e será direcionado para o site da editora.
    Se tiver dúvidas poste no blog e logo responderei.
    Abçs e boa sorte em sua pesquisa!

    ResponderExcluir
  28. Olá Patricia, recebi os emails com os arquivos que você enviou, muito obrigado. Vou ler todos eles, vai ajudar muito. Darei notícias.

    Obrigado
    Cristiano

    ResponderExcluir
  29. Boa tarde, somos uma rede de supermercado varejista e a cerca de 03 meses iniciamos o Projeto Papa Pilhas em nossa cidade, usando inicialmente 02 escolas (E.F) municipal para aplicação do projeto piloto e ficamos muito surpresos com o resultado, tanto que fomos convidados para participar da Conferência Estadual de Meia Ambiente, porém para nossa tristeza não estamos conseguindo alguém que possa coletar as pilhas e as baterias, bem como nos apoiar na continuidade do projeto. SERIA POSSÍVEL NOS AJUDAR, HAJA VISTA QUE ESTAMOS NO INTERIOR DO ESTADO DO PARÁ. Esperarei ansiosamente por um contato.

    ResponderExcluir