"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Descarte de lâmpadas fluorescentes

A utilização de lâmpadas fluorescentes em imóveis residenciais representa uma economia de cerca de 25% no consumo de energia elétrica. Contudo, seu descarte inadequado traz prejuízos ao meio ambiente.

Cuidado!
O manuseio da lâmpada intacta não oferece riscos. Porém, ao ser rompida, o vapor de mercúrio é liberado e o gás permanece no ar por muitos dias, em função da temperatura. Esse resíduo é tóxico para qualquer ser vivo.

Fique atento às dicas:

· Não use equipamento de aspiração para a limpeza de lâmpadas quebradas;

· Caso ocorra a quebra, abra imediatamente todas as portas e janelas do ambiente, para aumentar a ventilação;

· Colete os cacos de vidro e coloque-os em sacos plásticos após ausentar-se do local por, no mínimo, 15 minutos. Procure utilizar luvas e avental para evitar o contato com a pele;

· Com a ajuda de um papel umedecido, colete os pequenos resíduos que ainda restarem, coloque o papel dentro de um saco plástico e feche-o;

· Logo após o procedimento, lave as mãos com água corrente e sabão.

Previna-se

O manuseio de qualquer tipo de lâmpada deve ser feito com muito cuidado - nunca segure pelo vidro. Como todo material perfurante, envolva em jornal ou papelão para não quebrar durante o processo de descarte, e não se esqueça de vedar para conter o vapor do mercúrio.

No Brasil são consumidas anualmente cerca de 100 milhões de lâmpadas, sendo que 94% desse total é descartado em aterros sem nenhum tipo de tratamento.

Faça sua parte!

Fonte: CPM Broxis

Nenhum comentário:

Postar um comentário