"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

domingo, 4 de outubro de 2009

Reciclagem já é prática comum

Reciclagem é outro item presente em ações de Marketing Ambiental. A Petrobras é uma das empresas que investe nisso, tendo inaugurado há dois meses o projeto Catador dos Sonhos, programa de coleta seletiva e reciclagem que envolve 300 catadores na cidade de Duque de Caxias. Já a Coca-Cola, em parceria com o Wal-Mart, espera implementar estações de reciclagem em mais de 300 lojas da rede varejista até 2009.
A TetraPak, empresa especializada no processamento e envase de alimentos, investiu em branded content aliado à sustentabilidade. A companhia criou o site Rota da Reciclagem (http://www.rotadareciclagem.com.br/) para indicar pontos de coleta seletiva e reciclagem em várias cidades do país – com foco no Rio de Janeiro e São Paulo-, através da tecnologia Google Maps.
A preocupação com a embalagem também já começa a tornar-se padrão na indústria. A Sadia, por exemplo, já trabalha com invólucros de papel cartão e papel ondulado desenvolvido a partir de processos sustentáveis como o manejo florestal. Para reforçar a ação, a empresa estampa o selo da Forest Stewardship Council, que monitora o uso adequado de recursos florestais, conquistado com a iniciativa.
A agência Y&R recolheu quase 70 toneladas de materiais para reciclagem entre 2004 e 2008. Além disso, transformou o hall da agência em uma galeria de arte com a exposição do artista Carlos Gomes, que cria suas obras a partir de garrafas PET.
A Drogaria São Paulo recolheu mais de 7 toneladas de pilhas e baterias em apenas cinco anos, através de recipientes próprios para o descarte desses produtos em suas mais de 215 unidades.
A LM² Consulting doou 15kg em equipamentos de informática inapropriados para utilização a Peacock do Brasil, empresa do Rio Grande do Sul que opera na coleta e reciclagem de lixo eletrônico.

Fonte: Mundo do Marketing
Por Guilherme Neto, 22/07/2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário