"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

domingo, 27 de novembro de 2011

Conheça e entenda as diferenças dos ciclos verdes: Precycling, Freecycling, Recycling, Upcycling, Downcycling

Os Ciclos Verdes ajudam a manter os materiais em uso (em um ciclo) e não em aterros ou em outros locais, muitas vezes inadequados no meio ambiente. Cada ciclo deve se adequar sos 3 Rs do meio ambiente (Reduzir, Reutilizar e Reciclar).  Desta forma, estes ciclos podem contribuir na redução do lixo, economia de recursos  e também  na manutenção da qualidade de vida e preservação do meio ambiente. 
Além disso, o conhecimento dos ciclos verdes podem auxiliar no aprendizado das  crianças sobre a preservação do meio ambiente, pois eles podem ser implementados em casa, escola, escritório ou qualquer outro ambiente, onde haja a geração de resíduos. Cada um dos Ciclos Verdes têm uma função diferente  e específica, mas todos contribuem com a preservação do meio ambiente, conheça suas principais diferenças:
Precycling antecede o momento do consumo, é o ato de  pensar no futuro antes de comprar. Isso pode reduzir o acúmulo de resíduos, diminuior os itens enviados para aterros sanitários e gerar economia de dinheiro. O precycling pode auxiliar na escolha de uma embalagem, por exemplo, que seja menos danosa ao meio ambiente ou que possa mais facilmente ser reciclada ou reutilizada. 
Freecycling  é o ato de doar itens que não já perderam sua utilidade para os primeiros usuários, em vez de simplesmente descartá-los ou de jogá-los fora. A grande rede de reutilização pode ser criado. Um exemplo disso é o consumo colaborativo também, no qual você empresta ou até mesmo aluga um item que pode também ter utilidade para outras pessoas.
A reciclagem (Recycling)  é o processamento e transformação de materiais usados ​​em novos produtos, o que resulta em menos desperdício de materiais potencialmente úteis, menor consumo de matérias primas virgens, o uso de menos energia, menos água e redução da poluição do ar. No entanto, caracteriza-se como reciclagem, o processo que transforma, por exemplo o resíduo de alumínio em novo alumínio, com as mesmas características e propriedades sem perda de valor.
Upcycling é a criação de itens úteis a partir de material reciclado, neste caso o produto gerado a partir do resíduo tem mais valor do que o material original.  Isso resulta em menos desperdício e menos consumo de matéria-prima virgem. Um exemplo deste processo é a fabricação de bolsas e acessórios com lona de caminhão usada.
Downcycling é reutilização ou reciclagem de um produto com qualidade inferior e alternativa  quando comparada ao uso original, isto ocorre para manter esse resíduo fora dos aterros e estender sua vida útil. Isso ocorre com a maioria dos tipos de plástico, exceto a resina PET, os quais geralmente perdem suas propriedades após a reciclagem e não podem mais ser utilizados para embalar os mesmos tipos de produtos, como por exemplo embalagens de alimentos que são transformadas em sacos plásticos, lixeiras, etc.

Você que está lendo esta postagem pode sim contribuir para a preservação do meio ambiente, desde que participe ativamente de apenas um desses ciclos verdes. Este já é um grande passo para um futuro mais verde e saudável.

Por: Patricia Guarnieri para o Blog Logística Reversa e Sustentabilidade adaptado de Ecovitality

Nenhum comentário:

Postar um comentário