"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

MMA inaugura hotsite para destacar sua participação na Rio+20

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) inaugurou um hotsite para destacar sua participação na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), marcada para junho de 2012 no Rio de Janeiro (RJ).
Além de trazer informações genéricas sobre a conferência, o hotsite dá ênfase ao pilar ambiental da Rio+20, que também se baseia em outros dois: econômico e social. Nele, o visitante encontra detalhes sobre o processo preparatório, uma agenda com as principais reuniões previstas até junho, vídeos, documentos, publicações e notícias - tanto as produzidas pela Assessoria de Comunicação do MMA quanto as publicadas pela imprensa nacional.
Consulta - Na página também estão disponíveis informações acerca da Consulta Pública aberta pelo MMA para acolher sugestões às propostas que o Brasil submeterá ao Secretariado da ONU até o dia 1º de novembro próximo.
A Consulta Pública consiste em um questionário de 11 perguntas. Cada pergunta deve ser respondida em caráter individual ou em nome de qualquer organização, em no máximo 20 linhas, em fonte Times New Roman tamanho 12. Os questionários respondidos devem ser encaminhados, até o dia 25 de setembro, em formato '.doc', ao endereço eletrônico rio2012@mma.gov.br.
Posteriormente, o MMA tornará disponíveis, no hotsite, o documento apresentado pelo Governo Brasileiro ao Secretariado da ONU e a síntese das contribuições recebidas por meio da consulta.
A conferência - A Rio+20 ocorre vinte anos depois da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, conhecida como Rio 92, e tem como principal objetivo garantir o compromisso político internacional para o desenvolvimento sustentável.
Baseada nos pilares econômico, social e ambiental, a Rio+20 tratará basicamente de dois temas: a 'economia verde' no contexto da erradicação da pobreza e a estrutura de governança para o desenvolvimento sustentável no âmbito das Nações Unidas. É esperada a participação de chefes de Estado, de Governo e de representantes de mais de 150 países. O resultado deve ser um documento com foco político.
Para a ministra Izabella Teixeira, como sede o Brasil desempenhará papel fundamental nas negociações e acordos que serão costurados no encontro. Segundo ela, o País tem todas as condições de liderar uma mudança, em nível mundial, para economias mais 'verdes'.
Balanço - Além de renovar o compromisso mundial em torno da sustentabilidade, a Rio+20 também será uma oportunidade de os países-membros da ONU avaliarem o progresso alcançado nos últimos 20 anos, as lacunas ainda existentes na implementação dos acordos internacionais e os desafios novos e emergentes.

Por: Maiesse Gramacho

Nenhum comentário:

Postar um comentário