"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Logística reversa de cartuchos e tonners

Muitas vezes ficamos sem saber o que fazer com os resíduos que produzimos e eu me deparei com 2 cartuchos da minha impressora que já não podiam mais ser reutilizados. Fui procurar a solução com o fabricante e descobri que a HP disponibiliza o serviço de coleta e reciclagem dos seus consumíveis. O processo é bem simples, a única restrição é que é necessário juntar no mínimo 5 cartuchos ou toner e embalar da maneira que eles recomendam.
No site da HP você pode encontrar o passo a passo de como fazer realizar esse processo. Eu ainda não testei, pois estou esperando mais 2 cartuchos de alguns amigos, mas acredito que seja simples.
Procurei também no site de outras fabricantes para verificar se eles fazem coletas.
EPSON: Não faz a coleta no Brasil e nos países nos quais recolhe seus cartuchos é necessário fazer um cadastro antes de solicitá-la. Para saber mais clique aqui (o link vai te levar para o programa de coleta de Portugal).
LEXMARK: Possui o “Programa de Recolhimento de Cartuchos”. É necessário fazer o cadastro no site da empresa e solicitar a coleta para um número mínimo de 3 toners (eles não coletam quantidades menores). Além disso, eles ainda oferecem bônus para usuários corporativos.
DELL: A empresa recicla computadores, impressoras e outros produtos, porem não consegui descobrir se esses outros produtos incluem os cartuchos e toners. Mais informações no site da Dell.
 Junte os cartuchos e toners que você não consegue mais reutilizar e peça para o fabricante buscar! Se você não tiver o número mínimo para uma coleta, tome a iniciativa e avise seus amigos, vizinhos e parentes! Seja um “ponto de coleta”.
E não esqueça de ser um fator de pressão para os fabricantes mudarem o comportamento. Estimule as empresas responsáveis e castigue as que não se preocupam com o destino do seu produto. Faça com que esse tipo de iniciativa do fabricante seja um fator determinante na hora da escolha do produto! O consumidor tem força! Aproveite e utilize-a!

Por: Manuela Alegria

Nenhum comentário:

Postar um comentário