"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Logística reversa de celulares

Há sete anos o auditor ambiental Marcelo Oliveira percebeu um desafio e uma falha no mercado de celulares e outros eletrônicos: a falta de organização logística para cumprir a normas legais de disposição de baterias. Hoje, Oliveira é o principal coletor da maioria das operadoras e já estuda entrar na logística reversa do setor de informática e outros eletrônicos, Oliveira informou à Revista Sustentabilidade.

Há sete anos o auditor ambiental Marcelo Oliveira percebeu um desafio e uma falha no mercado de celulares e outros eletrônicos: a falta de organização logística para cumprir a normas legais de disposição de baterias. Hoje, Oliveira é o principal coletor da maioria das operadoras e já estuda entrar na logística reversa do setor de informática e outros eletrônicos, Oliveira informou à Revista Sustentabilidade.

Ele comanda a GM&C, uma empresa com 50 funcionários contratados e coordena uma rede de coletores terceirizados que coletam por mês, em 10 mil pontos no país, 20Kg a 30Kg de baterias e celulares de várias operadoras nacionais para entregar para as grandes recicladoras.

Oliveira afirmou que o mercado vem crescendo a taxas de 70% ao ano, estimulado pela maior consciência da população, a crescente fiscalização das leis ambientais e pelo fato das operadoras agora terem uma receita com a venda dos celulares usados.

O plástico triturado é usado como insumo energético, enquanto o processo permite a recuperação dos metais das placas para revenda. Os metais pesados das baterias, que são totalmente controlado pelo governo, também são reutilizados, explicou o empresário.

Mesmo com este esforço, o mercado é ainda incipiente, pois apenas 2% de todos os celulares descartados são reciclados. Este é um mercado em franca expansão, pois já existem mais de 130 milhões de aparelhos celulares ativados no Brasil, um crescimento anual de mais de 20%.

Autoria: Alexandre Spatuzza — Publicado em 2008-09-16 10:08

Para ler a matéria completa acesse:

http://www.revistasustentabilidade.com.br/noticias/logistica-reversa-de-celulares-comeca-a-render

Nenhum comentário:

Postar um comentário